#044 : Rápido Loiraça MATA MATA MATA!!! parte II – O Destacamento Vermelho Feminino

Categorias: , Etiqueta:

250.00

1 em stock

Descrição

Destacamento Vermelho Feminino, é composto por cerca de trinta aguarelas sobre papel, com título, desenhos e texto apropriados de uma banda desenhada de propaganda maoísta de 1966. A narrativa é de novo sobre a liberdade: relata a história de uma jovem mulher que foge do domínio de um senhor feudal que a escraviza, para se juntar a um destacamento feminino do Exército Vermelho e lutar pela sua liberdade e pela justiça.  Segundo João Fonte Santa, as aguarelas são pastiches coloridos a partir das vinhetas, o texto é integrado no desenho como carimbo e descontextualizado da conjugação texto/imagem da banda desenhada, e funciona, segundo o artista, como “pequenos haikus semi-abstratos”.
Ainda sobre esta série, Fonte Santa salienta a fragilidade das aguarelas “por vezes manchadas, como se fossem páginas de um livro encontradas na rua (faz-me lembrar um pouco o Dom Quixote, onde na introdução o autor diz que a história que vai contar, leu-a num volume em arábico que encontrou na rua – na altura, com medo da Inquisição, os muçulmanos espanhóis atiravam os livros que tinham em árabe para a rua para não serem identificados)”.

Informação adicional

Autor

João Fonte Santa

Formato

20,3 x 25,4 cm

Técnica

Aguarela liquida e tinta da china sobre papel

Ano de Edição

2020